Halitose: a culpa é do estômago?

Este é um assunto delicado, né? Geralmente, a pessoa que tem mau hálito não se dá conta do problema e quem convive com ela evita abordar o assunto constrangedor. Aqueles pacientes que sabem que têm halitose também sofrem, pois têm vergonha de se expor, de conversar e de conviver socialmente.

Pesquisas apontam que 40% da população brasileira sofre com mau hálito. Por isso, é tão importante consultar um cirurgião-dentista para diagnóstico e tratamento corretos. A investigação inclui um exame detalhado da boca, da língua e da parte dentária. Gengivite e periodontite, por exemplo, também são causas de halitose.

A halitose é normalmente causada por maus hábitos de higiene bucal e nem sempre está ligada aos distúrbios estomacais. Em mais de 90% dos casos, o problema está na cavidade bucal. Claro que ao acordar, é comum um mau hálito. Entretanto, ele não pode persistir durante o dia e sua causa precisa ser investigada e tratada.

Se você tem vergonha de perguntar para alguém se você tem mau hálito, pergunte a uma criança, geralmente a sinceridade e espontaneidade dela pode ajudar você a descobrir que tem halitose. E se tiver, não deixe de marcar uma consulta. Não fique constrangido. A vergonha agrava ainda mais o problema.

Drª. Cristiane Rhoden Campara – CRO 5564
Dr. Valcir José Campara – CRO 4551

Share:

Deixe uma resposta